Old But Gold | Drake - Hold On We're Going Home

Old But Gold | Drake - Hold On We're Going Home

Há algo sobre as primeiras palavras - cantadas, não rimadas - no segundo single do terceiro álbum de Drake, "Nothing Was The Same". 

"I've got my eyes on you" sua voz docemente entrega sobre a groovy, leve batida que se apoia muito mais no R&B do que no hip-hop. Enquanto isso não parece significar muito mais do que uma simples frase de amor, de querer alguém e falar isso de forma direta,  ela funciona de forma diferente quando contextualizada com o histórico de Drake. 

Ele, que está sempre se lamentando e se emocionando por conta das mesmas garotas que outros rappers tratam como lixo, não consegue tirar os olhos dessa garota em especial, ela é tudo que ele vê e ele quer seu amor eternamente. Enquanto tudo isso, aliado a produção da faixa, soa como uma clássica canção de amor, é também uma visão paranoica da longa busca de Drake pelo amor perfeito. Sua profissão o permite conhecer diversas mulheres, mas raramente ficar com uma por tempo o suficiente para firmar algo estável. Por isso, quando, ele fala que vai voltar para casa, é algo que funciona tanto para elas como para ele próprio.

A faixa evoca sim o mesmo sentimento de "Every Breath You Take",  do The Police, caminhando sobre uma linha tênue entre o amor e a obsessão. É algo bonito e preocupante, pelo fato de que ele não consegue esquecer dela e, ao mesmo tempo que fica indo e voltando, não a deixa livre para esquecer também. 

E a pior parte - ou a melhor -, é que os versos apenas se repetem até o fim, algo que seus pais criticariam por acreditar que artistas do passado tinham letras mais complexas. Mas "Hold On We're Going Home" é ótima não apenas por conta do que Drake canta - e muito bem, diga-se de passagem -, mas por todas as entrelinhas presentes em sua voz. 

É uma de suas poucas músicas que pode ser ouvida por qualquer pessoa do planeta, mesmo que seja um dos maiores indicativos de seus conhecidos problemas amorosos e consigo mesmo. Talvez o fato de isso tudo estar mascarado como uma das melhores dedicatórias de amor da década, apenas deixe a música ainda melhor.

Old But Gold | Royals - Lorde

Old But Gold | Royals - Lorde