Marvel | Do Pior ao Melhor

Marvel | Do Pior ao Melhor

Na corrida do hype pré "Vingadores: Guerra Infinita", decidimos votar e elencar e rankear nossos filmes favoritos entre os produzidos até agora no Universo Cinematográfico Marvel. Fica a expectativa para o 19º filme: em que lugar ele deve ficar entre esses 19 longas ao longo dos 10 anos de construção do UCM?


O Incrível Hulk

18

Edward Norton é uma perda de peso para qualquer filme ou franquia, mas após a má execução e adaptação do segundo filme do Universo Cinematográfico Marvel, ficaria difícil manter qualquer coisa daqui. É uma pena, pois potencial e currículo (não foi a primeira vez que Norton interpretou alguém com dupla personalidade, mas não podemos falar sobre isso) seu ator principal e seu personagem tinham e tem, mas faltou sinergia de todas as partes para funcionar. 

 
spl.jpg

Thor: Mundo Sombrio

17

Se no primeiro filme de Thor há poucos pontos fortes, na sua continuação, há menos ainda. Thor: Mundo Sombrio comete o lamentável erro de expandir a história desgovernadamente, sem seguir as partes mais interessantes da trama do primeiro filme e inserindo acontecimentos que funcionam como simples muletar narrativas a cada instante. Thor: Mundo Sombrio é bagunçado, indeciso e pretensioso demais e por isso torna-se, resumidamente, chato.

 
spl.jpg

Homem de Ferro 2

16

Fazer sequência ao sucesso que foi Homem de Ferro não seria uma tarefa fácil. O segundo filme de Tony Stark falhou em aumentar a escala do seu antecessor, mesmo continuando a ter um show a parte parte de sua principal estrela. 

 

Thor

15

O filme de super-herói menos de super-herói dentre todos os filmes de super-herói já lançado, "Thor" traz um personagem principal raso, uma história não de origem, mas de conexão com o mundo humano praticamente sem consequências ou motivações impactantes e acaba não se tornando genuinamente ruim por conta das boas interpretações de Hemsworth e Natalie Portman. Ainda assim, nada a altura do Deus do Trovão. 

 

Capitão América: O Primeiro Vingador

14

O primeiro filme do Capitão teve a difícil tarefa de fazer um dos heróis mais "antiquados" da Marvel funcionar em pleno século 21. A construção de mundo e estruturação da história de origem de Steve Rogers não é exatamente original, mas se torna eficiente graças à centralização do filme no lado heroico do personagem antes mesmo de o mesmo receber seus "poderes". Apesar de não se equiparar a suas duas excelentes sequências, "O Primeiro Vingador" é um filme funcional e que continua aproveitável até hoje.

 
spl.jpg

Homem de Ferro 3

13

O terceiro filme da trilogia Iron Man não alcança a qualidade do primeiro filme, mas é melhor que o segundo e muito mais justo com a história de Tony Stark. As cenas de ação são bem coreografadas e o senso de urgência é mais palpável ao longo da trama, que nos apresenta a problemas e dificuldades maiores na vida de Stark.

 
spl.jpg

Vingadores: Era de Ultron

12

Continuar um dos maiores sucessos da história do cinema não poderia ser uma tarefa fácil. 

"Era de Ultron" poderia funcionar melhor caso fosse o primeiro filme dos "Vingadores", mas ao apenas reutilizar a história e criar um vilão que, apesar de mais vilanesco que Loki, é menos carismático e tem menos motivações. No geral, mais parece uma cláusula de contrato, com seu impacto no universo da Marvel sendo reduzido a quase nada. Ainda é um entretenimento eficiente, mas não passa disso. 

 
spl.jpg

Homem-Formiga

11

Como se adapta com sucesso um herói tão auto-cômico como o Homem Formiga em meio a deuses, gênios, magos e super humanos? 

A casa das ideias descobriu como, sendo que "Homem Formiga" foi uma das boas surpresas do MCU: um filme divertido, com boas atuações e bom ritmo, que desempenha com competência a função de introduzir um de seus personagens mais engraçados e difíceis de serem adaptados ao universo com eficiência. 

 
spl.jpg

Doutor Estranho

10

Um dos filmes mais peculiares do universo da Marvel até agora, "Dr. Estranho" consegue implementar novos elementos no gênero, mas pouco faz para realmente mudar a fórmula do estúdio.

Ainda assim, é pura mágia, literalmente falando. Divertido e intrigante, o filme se beneficia do charme de Benedict Cumberbach e de seu elenco de apoio (Mads Mikkelsen, Chiwetel Ejiofor, Rachel McAdams), mas não para por aqui. Com cenas de ação de tirar o fôlego e efeito visuais incríveis (entre os melhores da Marvel), "Doutor Estranho" nos dá um dos personagens mais interessantes e talvez um dos mais poderosos entre os Heróis do estúdio. 

 

Guardiões da Galáxia Vol. 2

9

Tendo que ao menos se fazer valer perante o sucesso de seu antecessor, "Guardiões da Galáxia 2" veio sem o peso dos demais filmes da Marvel de se encaixar diretamente na história, abraçando a originalidade e inovação de seus heróis. 

"Guardiões da Galáxia 2" é extremamente emocionante, engraçado, sua criação de mundo é excepcional assim como seus efeitos visuais, e sua ação é precisa. Mesmo considerando isso, o filme não supera seu antecessor, e é sobrecarregado com piadas, tem problemas de ritmo nítidos no primeiro ato e um dos dois antagonistas é completamente esquecível, embora necessário para o universo. Expectativas a parte, foi exatamente o que deveria ser. Cativante e com os personagens mais divertidos da Marvel, faz o muito parecer pouco e o difícil parecer fácil.

 
spl.jpg

Thor: Ragnarok

8

Finalmente o deus do trovão protagoniza um filme à sua altura. Apesar de pecar em alguns momentos, principalmente no que concerne à dosagem do humor e na exclusão sem qualquer explicação de Jane Foster , Thor: Ragnarok é o melhor longa da trilogia e funciona bem tanto para Thor e Loki quanto para o resto da construção do Universo Cinematográfico Marvel. A maior parte das piadas é funcional e temos uma vilã verdadeiramente ameaçadora.

 

Homem-Aranha: De Volta ao Lar

7

Homem-Aranha é, sem sombra de dúvidas, o herói mais popular da Marvel entre todas as idades e a inclusão dele no MCU foi essencial para a possível renovação dos Vingadores. 

Mesmo que o filme não tenha o mesmo peso que os dois primeiros de Sam Raimi, Tom Holland já provou ser a melhor combinação de Peter Parker / Homem Aranha dos cinemas e tomou conta do papel. Há também o fato de que Michael Keaton é um dos melhores atores envolvidos no gênero e entrega um excelente vilão que pode ser reutilizado futuramente. Ainda assim, o que triunfa aqui é o ar de juventude que percorre todo o longa de forma tão natural. O amigão da vizinhança voltou e voltou bem.

 

Capitão América: O Soldado Invernal

6

Soldado Invernal foi um filme que elevou o patamar do Capitão América e remodelou o que conhecíamos sobre a Hydra e a S.H.I.E.L.D. Além de ser um filme com uma pegada diferente dos demais dentro do Universo Cinematográfico da Marvel, "Capitão América: O Soldado Invernal" trouxe novos rumos para Steve Rogers e sua equipe de espionagem. O que fez o filme figurar entre uns dos mais importantes dentro do MCU.

 

Homem de Ferro

5

O primeiro filme de Tony Stark foi o começo perfeito para construir o caminho de sucessos que a Marvel viria a se tornar nos cinemas.

Ao apresentar seu herói central de forma irreverente e envolvente, o estúdio não apenas ajudou a revitalizar o gênero, mas como a própria carreira de Robert Downey Jr., que pode muito bem se aposentar do papel que o marcou como um dos nomes mais importantes da história dos filmes de super herói. Os efeitos continuam eficazes, a história continua interessante, a execução se tornou parte essencial da fórmula tão repetida do estúdio.

Hoje, mais de uma década depois, continua relevante e maravilhosamente bem feito, e um dos melhores momentos da Marvel nas telonas. 

 
spl.jpg

Guardiões da Galáxia

4

Quando todos percebemos, estávamos amando "Guardiões da Galáxia". Essa equipe formada por uma árvore, uma Alien verde, um Alien forte e um guaxinim falante e que consegue ainda assim ter seu membro mais cativante em um ser humano se provou demais para qualquer um. 

Incansavelmente engraçado e com certeza o mais divertido de todo o universo da Marvel, durante seus 122 minutos, o diretor e co-escritor James Gunn mostra ter controle sobre tudo. Os efeitos visuais são maravilhosos, o ritmo e o tom do filme são animados e contagiosos. É como se fosse o filme mais simples do estúdio mas ao mesmo tempo extremamente complexo. Todos os personagens possuem diversas camadas e parece que toda vontade do espectador de descobrir cada vez mais sobre eles nunca é saciada. São tão diferentes e fascinantes, tanto individualmente falando quanto em conjunto e provavelmente o grupo de azarões mais amáveis da história.

 
spl.jpg

Vingadores

3

O paciente caminho trilado pela Marvel desde o lançamento de "Homem de Ferro" trouxe resultados excepcionais. "Vingadores" foi a primeira vez na história que pudemos ver diversos super-heróis juntos e o resultado é um dos filmes mais divertidos e bem realizados do gênero. 

Por já terem introduzido seu quarteto principal em seus bem sucedidos filmes solo, Joss Whedon teve carta branca para utilizá-los por completo sem perder tempo, dedicando todos os esforços para a construção de suas relações e motivações tanto para aumentar o apelo do longa como para conectá-lo com episódios futuros da franquia.

Passados alguns anos, quando assistido novamente, "Vingadores" continua leve, divertido e engajante e mesmo que muitos critiquem sua "falta de complexidade", é preciso entender que o filme é uma culminação de outras partes, que tem como objetivo ser justamente uma celebração. E que celebração. 

 
spl.jpg

Pantera Negra

2

Talvez seja cedo demais, mas é difícil de imaginar este filme não ficando apenas melhor com o tempo. Desde o maravilhoso casting à direção precisa e eficaz de Ryan Coogler, "Pantera Negra" é um espetáculo do começo ao fim, conta uma das histórias mais enervantes do gênero, apresenta um de seus heróis mais complexos, além de uma quantidade gigantesca de cativantes e profundos personagens secundários e o melhor vilão em filmes de super-herói desde o Coringa de Heath Ledger. 

"Pantera Negra" é o único filme da Marvel que extrapola os limites do gênero, funcionando como uma mensagem social, política, cultural e, exatamente por isso, é o único do Universo Cinematográfico do estúdio e o primeiro desde a trilogia do "Cavaleiro das Trevas" a abraçar por completo o que o termo super-herói significa. All hail the king. 

 

Capitão América: Guerra Civil

 

1

Um dos maiores eventos cinematográficos dos últimos tempos, "Guerra Civil" se toronou icônico de diversas maneiras. A Marvel conseguiu trazer a temática de divisão da equipe para o cotidiano das pessoas, ou você não lembra de fazer pelo menos uma postagem com "Team Cap" ou "Team Iron" em alguma rede social?

O filme revirou o universo cinematográfico da Marvel e consolidou o trabalho paciente e bem pensado do estúdio, além de revitalizar seu herói mais popular (Homem-Aranha) e apresentar seu herói mais culturalmente importante no século 21 (Pantera Negra). O manuseio dos vários personagens é magistral e as relações complexas e, principalmente, humanas construídas entre todos ao longo de todos os filmes culmina na provável melhor cena de ação em um filme de super herói. 

O terceiro filme do Capitão América pode até parecer um "Vingadores 2.5", mas faz isso tão bem que fica difícil de criticar qualquer coisa. É entretenimento e diversão pura, fantástico o suficiente para encher os seus olhos, mas ainda aproximando seus heróis de seu público. É o melhor filme da Marvel, até agora. 


As 10 Mães Mais Marcantes do Cinema nos Últimos 10 anos

As 10 Mães Mais Marcantes do Cinema nos Últimos 10 anos

Oscar 2018 | Os possíveis vencedores da 90ª edição da premiação

Oscar 2018 | Os possíveis vencedores da 90ª edição da premiação